+351 800 500 128 - Linha livre para os residentes de Portugal

Como vai o processo de doação de óvulos?

A doação de óvulos é um processo anônimo de transferir seus próprios óvulos para uma mulher com problemas no sistema reprodutivo. O procedimento é absolutamente seguro, mas requer muito esforço e tempo. Antes de se tornar uma doadora, é necessário passar por uma série de exames médicos, para excluir problemas de saúde mental ou física.

Se uma candidata for adequada segundo os resultados dos exames, os seguintes documentos devem ser preparados:

  • o acordo entre a doadora e a clínica sobre a doação voluntária de óvulos;
  • consentimento para a realização de manipulações relacionadas à doação;
  • consentimento do cônjuge.

Depois de assinar os documentos, pode iniciar o processo que tem três etapas.

  • Sincronização dos ciclos menstruais das mulheres. É melhor usar óvulos frescos, para que a fertilização ocorra imediatamente após a punção. Geralmente a sincronização ocorre com a ajuda da terapia hormonal.
  • Estimulação da ovulação para a maturação de um número suficiente de oócitos.
  • Punção: o processo da coleta de óvulos ocorre sob anestesia e é absolutamente seguro e indolor.

O procedimento da coleta de óvulos dura cerca de 15 minutos, mas é recomendável para a mulher permanecer por algum tempo sob a supervisão de especialistas.

 Doação de ovos: existem riscos?

Muitas vezes, as doadoras perguntam se o procedimento pode prejudicar sua saúde. O procedimento é seguro e não traz nenhum desconforto. Para garantir que tudo esteja em alto nível, escolha cuidadosamente a clínica com a qual você irá cooperar.

Ao escolher uma instituição médica, preste atenção à licença e a experiência em trabalhar com tecnologias de reprodução assistida, também leia avaliações. Se a clínica parecer de qualidade e confiável, fale com especialistas. Apenas após uma consulta você pode tomar a decisão final.