+351 800 500 128 - Linha livre para os residentes de Portugal

O processo de doação de óvulos

A primeira gravidez bem sucedida usando células doadoras ocorreu em 1984. Desde então, graças ao desenvolvimento da medicina, a doação de células sexuais tornou-se um método bastante popular e eficaz de RMA (reprodução medicamente assistida).

Devido às várias patologias dos ovários ou por algum outro motivo, muitas vezes os folículos femininos param o desenvolvimento e a produção de óvulos ao mesmo tempo. Em tais casos a doação de oócitos ajudará.

Qual é o processo de doação de oócitos?

A doação de oócitos é uma doação segura e anônima de células próprias para uma outra mulher. Para se tornar uma doadora, as mulheres devem passar por uma série de exames médicos (exames, observações, aconselhamento, testes ginecológicos, analises genéticos). Se todos os resultados satisfazem os requisitos, a doadora potencial deve assinar vários documentos:

vv_icoO contrato entre a clínica e a doadora

vv_icoUm documento que confirma o consentimento da doadora para a estimulação e punção dos ovários

vv_icoUm documento, confirmando o consentimento do marido da doadora.

Quando todos os documentos são assinados, o processo de doação é dividido em três etapas:

Etapa 1. Sincronização dos ciclos menstruais. Após a criopreservação, a qualidade das células deteriora-se significativamente, por isso elas são fertilizadas imediatamente após o protocolo, sem congelação. Para uma doação segura e uma fertilização bem-sucedida, é necessário que os ciclos de ambas as mulheres coincidam. A sincronização dos ciclos menstruais é melhor conseguida com a ajuda de medicação (injeções hormonais ou contraceptivos orais)

Etapa 2. Estimulação da ovulação da doadora. Para crescer um número suficiente de oócitos (de 10 a 20) nos ovários, injeções hormonais são prescritas para estimular o crescimento de folículos. O médico prescreve o medicamento e a dosagem individualmente. O tamanho e o número de células são avaliados por ultrassonografia a cada 3-4 dias.

Etapa 3. Punção. O processo de punção ocorre sob anestesia geral e é absolutamente seguro e indolor. O médico perfura o folículo com auxílio de ultra-som para obter os óvulos. O procedimento dura de 10 a 15 minutos, mas a doadora deve permanecer na clínica por algum tempo para evitar complicações.

 A doação de oócitos é segura?

Na verdade, a doação de oócitos é um método indolor e seguro. Antes de escolher uma clínica para este procedimento, você precisa conhecer sobre a qualidade dos serviços prestados. Primeiro de tudo, você precisa prestar atenção à licença para tecnologias de reprodução assistida. Então, você tem que avaliar a experiência e as competências, essa informação pode ser encontrada na Internet. Se a informação que você achou lhe satisfaz, o último passo na tomada de decisão será uma consulta especializada. Esta é a única maneira de garantir que o procedimento seja de alta qualidade e não cause danos à saúde.

Como as doadoras são mulheres jovens e saudáveis ​​com menos de 32 anos, a doação é um método bem-sucedido de tratamento da infertilidade. Em alguns casos, a doação é a única chance de conceber e ter um bebê tão muito esperado. No entanto, às vezes, o uso de óvulos de doadoras não é uma decisão fácil para os cônjuges sem filhos.